What do you live for?

"Criaturas que derretem-se, entregam-se, consomem-se e não sabem negar-se costumam trazer um sorriso enigmático nos lábios. Alguma recompensa há de ter."

Home Mensagem Arquivo Theme


|
|
|
|
|
|
|
|
|
"Pensei por um longo período que estávamos intimamente ligados um ao outro. Jurei para mim mesmo que nossos olhares eram como correspondências trocadas sem a necessária resposta, a resposta sempre estava em nós. Era como se tivéssemos um dicionário contendo nossas expressões faciais. Incrivelmente óbvio… era amor. Entretanto as coisas mudam repentinamente. O sempre nem sempre é permanente. O amor nem mesmo por inteiro é suficiente. Tem lutas que eu deveria saber que passaria sozinho. Seria até egoísmo meu querer compartilhar minha dor contigo. Como John Green escreve em seu livro -” Esse é o problema da dor. Ela precisa ser sentida.”. Ontem era amor. Éramos nós. O sempre parecia real. O fim não era nem de longe o final. Hoje você é a dor, a história que parou de ser escrita no meio, acabando com o leitor e o leitor sou eu." - Dois tons de amor. (via doistonsdeamor)
|

1 2 3 4 »
Theme:
SILENCIAR